“Bateria, ritmo e criatividade são coisas que sempre fui apaixonado. Acho que a criatividade na música não é apenas algo que você ouve ou algo que você sente, mas também é algo que você vê. Neste experimento é possível perceber fisicamente a maneira que vejo percussão na minha cabeça”, explica Ben Mead, responsável pelo movimento musical luminoso aí em cima.

O baterista britânico emprestou seus batuques para a nova campanha do whisky escocês Ballantines, “Stay True, Leave An Impression” (em bom português “seja verdadeiro, deixe uma boa impressão”) é uma série de entrevistas para te inspirar a buscar sua verdadeira essência. Parafraseando Carl Jung com uma provocação, ”se nascemos originais, pra que morrer cópias?”

Entre conversas com profissionais da arte e da música que trazem algum tipo de experimentação, Ben foi convidado pela marca a usar duas pequenas pontas de LED nas baquetas em “The Art of Drumming” para criar esse efeito de light-painting que a gente ama na fotografia. Outra coisa bacana é que o Ben, exímio baterista, não procurou a carreira de rockstar e diz ser satisfeito apenas por conseguir viver de música. De família musical e cercado de boas músicas e lojas de discos britânicas, o vídeo também mostra um pouquinho de Londres, cidade onde ele mora agora.

* Esse post foi patrocinado pela Ballantine’s, mas o resto (vocês sabem) é nosso jeitinho ;)