Snoop Dogg já foi preso por tráfico de drogas e porte de armas, se envolveu com gangues perigosas, arriscou a carreira de cafetão – o que lhe rendeu boas confusões com a mulher—e fez parcerias com rappers como TuPac, Wiz Khalifa e 50Cent. Mas em 2012, ele decidiu deixar toda a vida bandida para trás. Trocou o codinome para Lion após um batismo rastafari e fez uma peregrinação pela Jamaica para gravar “Reincarnated”, seu 12o álbum de estúdio. Leia mais