De pés descalços, vestido pijamão e cabelo desgrenhado, a fotógrafa israelense Ella Uzan subiu ao palco do Pixel Show neste domingo tímida e recolhida, fragilidades que não tem medo de expor. Formada na Bezadel Academy, em Jerusalém, Ella é uma das provas de que a internet não separa os introspectivos do mundo real, mas os conecta ainda mais. Começou a estudar animação aos 26, quando decidiu que iria se dedicar a projetos fotográficos e storytelling. Desde então tem usado a tecnologia como ferramenta para expandir seu trabalho e criar conexões. Leia mais