malaguetas
O Malaguetas é feito pela Talaguim.

/ tag / nômades criativos

stef-3
em 21.Abril.2014 por

Silent Tapes: casal viaja periferias pelo mundo com projeto fotográfico que ajuda moradores

“Existe uma praia linda em qualquer parte do mundo, isso não significa nada. Para nós, a recompensa é poder ver a realidade com nossos próprios olhos. E com a fotografia podemos trazer isso para o nosso mundo e compartilhar esses problemas com outras pessoas. Você pode ver um pôr do sol lindo em qualquer parte do mundo, mas isso não comunica nada sobre a cultura, sobre o dia a dia das pessoas. Tentamos alertar sobre coisas que estão acontecendo e mais que isso criar uma consciência social de que qualquer um pode ajudar” – Stephanie & Francis Lane (Silent Tapes) Leia mais

lilacruz
em 24.Março.2014 por

Quadrinista baiana, Lila Cruz transforma mochilão pela Europa em HQ

A baiana Lila Cruz é daquelas que vê a vida passar imaginando as páginas de uma HQ. E não foi diferente quando realizou sua primeira viagem para a Europa, em 2013. Os novos ares (de Lisboa, Londres, Barcelona, Madri e Paris) inspiraram Lila, que é ilustradora e jornalista, a criar seu primeiro quadrinho, o “38 dias”, que relata o período de descobertas, perreios e aprendizados de um mochilão.  Leia mais

em 29.Janeiro.2014 por

Empreendedor e mochileiro, japonês rodou Londres por 150 dias em busca de colaboração, conheça o Homeless CEO

Somar um cliente mau pagante com um mercado criativo saturado de ideias geniais e dividir pela demanda de jovens bem formados e desempregados é a equação ainda incógnita pra muitos que buscam experiências de trabalho na Europa e arredores. Criar alternativas para receber algo pela troca de serviços prestados é o desafio da vez e tem revelado diferentes ideias.

Uma delas está atrás deste paterno bigode dos anos 70 e do sorriso largo de Taichi Fujimoto, recém-formado de Projetos Sustentáveis na Universidade de Westminster e inseparável de seu chapéu preto. O japonês tem ganhado fama nas startups por onde passa com o projeto “Homeless CEO”, que usa colaboração, capital social e planejamento urbano como moeda. Leia mais

Sem-Título-1
em 12.Janeiro.2014 por

“Vida de ex-pat é ter a sensação de não pertencer a lugar nenhum”, comenta Danielle de Picciotto, autora de “We Are Gypsies Now”

Danielle de Picciotto nasceu em Washington e é ex-pat desde 87, quando mudou para Berlim às vésperas da queda do Muro. Na capital alemã, cuidou da Love Parade, o Tresor, viu a vida artística degringolar com a falta de investimento em arte e há dois anos decidiu deixar a cidade e viajar o mundo com o marido em busca de uma nova inspiração. Leia mais