John Howard é desses que a gente conhece e a prosa vai longe. Descobrimos a tenda de pôsteres dele no Primavera Sound (leia nossa cobertura), mas o papo foi muito além do festival catalão. De longe, seus quadros geram curiosidade pela mistura fluorescente de cores, surrealismo, detalhe e a sensação que seus olhos mastigaram cogumelos.  Leia mais