malaguetas
O Malaguetas é feito pela Talaguim.

/ tag / documentário

Lemmy-Kilmister-rock-icon-doc
em 7.Janeiro.2010 por

“Lemmy, The Movie” e a vida de um Motörhead

O rock é cada dia mais dos posers e menos dos ícones. Digo isso, porque não consigo enxergar nesses últimos anos ícones musicais tão representativos e autênticos quanto os de décadas atrás. E isso não é nóia de gente que acha que tudo o que é velho melhor, até porque nem sou tão velha assim. Mas, parando para pensar com calma, quais são os 10 primeiros caras que podem ser lembrados logo de primeira quando você pensa em um ícone? Isso, claro, levando em consideração que ícone é aquele cara que transcende um avatar no Guitar Hero ou Rock Band.

Com todas os seus 40 anos de carreira (35 só no Motörhead) Lemmy Kilmister mostra em seu filme o que é ser um ícone. “Lemmy, The Movie” é um documentário que mostra a carreira toda do baixista/vocalista desde que era roadie do Jimi Hendrix até os anos gloriosos com a banda que o consagrou. Link para assistir:

Com depoimentos que vão de Dave Grohl a Peter Hook, de Ozzy Osbourne a Johnny Knoxville, “Lemmy” ainda mostra bastidores de shows e sua relação com a família. O filme foi dirigido por Greg Olliver e Wes Orshoski, que já trabalharam com grandes nomes e na imprensa especializada. Depois de quase dois anos de teasers, o filme será finalmente lançado no SXSW que rola simultâneamente em vários pontos da cidade de Austin, no Texas. O festival está programado para março desse ano.

Se quiser dar uma espiada em outro documentário sobre ele na íntegra, assista o “Live Fast, Die Old”, filme que acompanha uma turnê da banda e tem legendas em português.

em 8.Outubro.2009 por

Filme biografia dos Ramones

Cinco anos depois do bem falado documentário “End of the Century” em 2004, estão rolando rumores que um possível filme biográfico dos Ramones estaria sendo preparado pela 20 Century Fox films, a mesma que fez “Juno” e “Napoleon Dynamite”. O filme será baseado no livro do irmão de Joey, Mickey Leigh com parceria do jornalista musical Legs McNeil [o mesmo que escreveu "Please Kill me"]. A biografia intitulada “I Slept With Joey Ramone” está sendo previamente autorizada pela mãe do músico e tem lançamento marcado para dezembro, enquanto isso as negociações com o estúdio continuam em andamento.

em 23.Setembro.2008 por

I’m not there – Filme biografia do Bob Dylan

“Quantas estradas precisará um homem andar
Antes que possam chamá-lo de um homem?

Quantos mares precisará uma pomba branca sobrevoar,
Antes que ela possa dormir na praia?

Quantas vezes precisará balas de canhão voar,
Até serem para sempre abandonadas?

Quantas vezes precisará um homem olhar para cima,
Até poder ver o céu?

Quantos ouvidos precisará um homem ter,
Até que possa ouvir o povo chorar?

Quantas mortes custará até que ele saiba,
Que gente demais já morreu?

Quantos anos pode existir uma montanha,
Antes que ela seja lavada pelo mar?

Sim e quantos anos podem algumas pessoas existir,
Até que sejam permitidas a serem livres?

Quantas vezes pode um homem virar sua cabeça
E fingir que simplesmente não vê?

A resposta meu amigo está soprando no vento,
A resposta está soprando no vento..”

(Blowin’ in the wind )

Mais importante que um homem a frente de seu tempo é um homem que vive seu tempo. E mais que isso, Bob Dylan foi poeta, profeta, marginal, fora-da-lei, pai de família, astro, mártir do rock and roll, cristão renascido e um ícone de sua geração. Em “I’m not there” (Não estou lá – 2007) o diretor Todd Haynes, precisou de nada mais que seis atores para contar a história única do cantor. Com depoimentos de pessoas que viveram a época e participaram de suas transições o filme narra a vida dele com a credibilidade de um documentário e situa o espectador no momento histórico em que se passa, com algumas cenas da guerra do Vietnã e da segregação racial como pano de fundo.

Os atores personificam cada uma de suas fases e transparecem principalmente suas crises e virtudes. Ainda mostram o auge da contracultura na década de 60, a paixão pelo blues e como suas criações se viraram contra ele quando os rótulos da mídia criaram um padrão que ele recusou, por dizer fazer música como um ato pessoal para despertar reação nos outros, um “atear fogo em si mesmo” para dissociar seu público das maldades do mundo. Assim ele rejeitou o rock and roll, o folk e sua própria ideologia, sem medo de mudar.

No elenco participam Christian Bale, Richard Gere, Marcus Carl Franklin, Heath Ledger, Ben Whishaw e Cate Blanchett que foi indicada ao Oscar e ganhou o Globo de ouro como atriz coadjuvante. Além de ter concorrido a diversas categorias dos melhores festivais de cinema foi classificado como um filme tão vibrante quanto à era na qual foi inspirado. Um dos melhores que assisti nos últimos tempos, não tem aquela ordem cronológica e piegas da narrativa hollywoodiana. Lindo, intenso, lisérgico e cheio de crises e poesia, como toda vida bem vivida deve ser…

Infos:

I’m Not There ( Não estou lá)
Duração: 135 minutos
Lançamento (EUA / Alemanha): 2007
Estúdio: Killer Films / Wells Productions / John Wells
Distribuição: The Weinstein Company / Europa Filmes
Direção: Todd Haynes
Roteiro: Oren Moverman e Todd Haynes
Produção: John Goldwyn, Jeff Rosen, John Sloss, James D. Stern e Christine Vachon
Fotografia: Edward Lachman
Desenho de Produção: Judy Becker
Figurino: John A. Dunn
Edição: Jay Rabinowitz
Efeitos Especiais: Intrigue

Site Oficial: www.imnotthere.es

Newer Posts