Um dos questionamentos da psicologia musical, que gera controvérsia entre teóricos da estética e expressão artística, está na relação entre o criador e o ouvinte. A música conseguiria por si só ser um canal de emoções que conecta autor e receptor? Ou a arte gera uma reação emocional que é indiferente ao que o próprio artista estava sentindo? Na vibe de entender essa relação ressonante, conheci o one-man-band Gabriel Luqui, do recém-lançado Andira. Leia mais