Chega aquele dia infeliz em que alguém corta seu barato e diz lá do fundo: nem tudo é quadrinho, né? Os dias de trabalho estão corridos, mas consegui parar um tempo pra compartilhar algumas leituras e links legais. Chega junto!

- No começo de abril encontrei com o Scott McCloud, o McLuhan dos quadrinhos, para uma das entrevistas mais legais que fiz neste semestre sobre criatividade e frustração artística. Ele falou sobre sua primeira HQ em 30 anos “The Sculptor”, sua percepção da vida e morte e claro, seus erros e acertos teorizando o formato. Rolou textão pro UOL Entretenimento.

sculptorbg

- A quadrinista e empreendedora baiana Lila Cruz teve um surto criativo. No último ano, além de se dedicar a projetos culturais em Salvador, ela criou três HQs como parte da coletânea “Quadrada”, são eles “Desnuda”, “Nostálgica” e “Ansiedade(s)”. Nós batemos um papo com a Lila no ano passado, quando ela lançou seu primeiro projeto de crowdfunding. A gente sabe que trilhar esse caminho não é fácil, mas adoramos as primeiras páginas publicadas no Catarse, colabore lá também. E go, Lila, go!

desnudapag10

Página de “Desnuda”

- Rolê no Medium: a cada scroll no Medium, uma nova experiência de leitura. E muito disso tem a ver com quadrinhos e charges que seguem a pegada bem fresh e inteligente que a plataforma facilita. Uma das minhas favoritas é a The Nib, que faz uma seleção caprichada de charges, quadrinhos políticos, jornalismo em HQ e… Gemma Correll! A última pauta deles fala sobre racismo e clarear a pele de personagens nas grandes editoras.

articlemedium

- Para fechar, vale a pena compartilhar o trampo de uma quadrinista que conheci aqui em Berlim, a Karochi, codinome de Karolina Chyzewska. Os desenhos dela são um reflexo do inverno na cidade, cercado por cachecóis, vinho e café. Ela tem alguns projetos de zine que vale a pena acompanhar. E além de tudo o traço é super charmoso!

sketchbook, photoshop