Experiência inevitável de uma viagem à Alemanha é esbarrar, uma hora ou outra, em um pelado de boa no parque, uma festa ou manifestação. A minha primeira experiência foi em um lago, o Plotzensee. Fiquei ali sentada, observando o horizonte e a liberdade que eles têm com o próprio corpo. Entre o lago e uma praia artificial, um deck de madeira era o ponto preferido de uma dezena de naturistas com a pele reluzindo ao sol. Vez ou outra, pulavam na água e voltavam para acalentar os pêlos arrepiados em cima das toalhas de praia coloridas.

Foi aí que um quarentão se aproximou e pediu para guardar a sua toalha. Depois de trocar alguns diálogos triviais percebi que esse cara, um professor de Yoga, estava com as duas mãos na cintura, sorrindo, enquanto seu cetro de vênus boiava e balançava no frescor da água do rio. Corei. “Como assim? Vocês são brasileiros, latinos, sambantes, carnavalescos, rodeados por corpos a vida toda, eu sou só um peladinho, vergonha pra que?”, conversei com ele na minha cabeça.

O papo foi rápido, ele nos convidou para fazer meditação nudista, deixamos para depois educadamente e nos despedimos. Do outro lado, no deck, o pôr do sol cercado de árvores era uma versão evoluída do Jardim do Éden. Sem filtros, sem escudos, sem rótulos, sem maquiagens ou disfarces, pessoas comuns se refrescando na natureza e um pouco de diversão despreocupada depois de uma semana de trabalho. Não é assim que deveríamos ser?

Com a temperatura subindo, listamos cinco ideias para inspirar naturismo no seu verão.

LIQUIDROOM - Pelado iniciante 

liquidroom
Se planeja viajar, em Berlim, é um ‘crime’ entrar na sauna com a toalha. É claro que o livre-arbítrio é seu, mas se quiser ficar pelado longe de casa, o Liquidroom é uma de suas saunas mais famosas e badaladas e um ótimo lugar para começar e relaxar com massagens ou dançando na pista-piscina.

BURNING MAN - Pelados da farra

burningman
Se você é mais soltinho e quer uma experiência diferente, no Burning Man, em Nevada, você encontra um pacote completo de opções. Além de ser um dos maiores festivais de contracultura e música do mundo, você pode andar de bicicleta pelado, fantasiado, pintado ou ainda se juntar a grupos e festas nudistas. Um deles é o Active Naturists.

PEDALADA PELADA - Para pelados ativistas

Cyclists take part in the annual World N

Se você curte praticar esportes como veio ao mundo, nem precisa sair do Brasil. As bicicletadas peladas são famosas por seu ativismo político e pela diversão. Rio, São Paulo, Porto Alegre e Florianópolis organizam anualmente o evento entre março e abril. O nu é um protesto contra a invisibilidade do ciclista no trânsito. Pelado engajado.

PRAIA DO PINHO - Pelados praianos

pics-image-9-298499141

Muitas praias brasileiras estão em rankings de melhores cenários para nudismo. A Praia do Pinho é um das mais belas. Só vale ficar atento na hora da pesquisa para não ser preso por atentado ao pudor em uma praia errada. Outro ponto é que, assim como na Europa ou qualquer lugar do mundo, 99% das pessoas que vão em busca de modelos Baywatch, voltam para casa frustrados.

FRENCH NAKED CHEF - Pelado na cozinha

frenchnakedchef

Eu amo os franceses, liberais desde a aristocracia (os livros de Sade não me deixam mentir). No último ano descobri festas de pelados (quem entra nu paga três euros), praias nudistas com cenários paradisíacos e a última ideia é essa aí em cima. Você liga para um delivery e vem um peladão cozinhar na sua festa naturista. Sem mais.

Se você tem alguma sugestão de roteiro nudista, uma história engraçada ou mais um apoio moral para os mais tímidos, compartilha com a gente usando a hashtag #temqueserincrível.

* crédito imagem de topo, adaptação da ilustra de Monica Ramos.