Já rolou post sobre as gêmeas franco-cubanas do Ibeyi aqui no Malaguetas, a trilha sonora do meu final de 2015. Na última quinta-feira (13) elas fizeram o primeiro show delas no Brasil, na Audio, que já é um pouco nossa casa. É interessante ver a repercussão que o Spotify está criando para novos artistas. Com o álbum homônimo recém-lançado na plataforma (ouça aqui), as irmãs chegaram ao Brasil e encontraram um público grande e pronto para entoar canções em iorubá.

Lisa-Kaindé e Naomi Díaz, herdeiras musicais de Anga Díaz, percussionista falecido do Buena Vista Social Club, tiveram o disco de estreia lançado a menos de um ano. E foi através desse algoritmo maravilhoso que deu origem ao Discovery Weekly, que muita gente acabou descobrindo o som que as minas criam.

Shwo Ibeyi_7

A música envolveu, os clipes hipnotizaram e as vozes perfeitas contagiaram. A repercussão foi tão grande e em tão pouco tempo que deu pra sentir no show que as meninas ainda estão aprendendo a surfar nessa onda imensa que apareceu diante delas. Vale mencionar que elas têm uma madrinha que anda batendo em carros com um taco de baseball.

Shwo Ibeyi_9

Em um set ao vivo que transita entre o dançante e o melancólico, Lisa e Naomi se revezam em instrumentos e vocal. Enquanto Lisa toca teclado e assume a voz mais alta, Naomi solta toda a energia na percussão. Vez ou outra, ambas escolhem o silêncio e fazem acapellas de arrepiar todos os pelos do braço. No show brasileiro, muita gente cantou junto, multiplicando o poder do sincretismo religioso que as duas promovem, fruto das raízes nigerianas da família.

Shwo Ibeyi_10

A Roseli Vaz fez essas fotos lindas que você encontra aqui embaixo e a querida Mari Zen falou com as irmãs e ajudou a tirar um pouquinho da nossa curiosidade. ”Ninguém sabe em qual caixa nos colocar, e nós gostamos assim”. Se curtiu o som, vai lá ouvir.

Shwo Ibeyi_11

Shwo Ibeyi_12

Shwo Ibeyi_14

Shwo Ibeyi_12

Shwo Ibeyi_17