Essa semana está meio apertada de tempo, mas a passadinha rápida é para compartilhar o trabalho do estúdio Carnovsky. A colombiana Silvia Quintanilla e o italiano Francesco Rugi são conhecidos pela mistura de arte e design na série RGB, em que misturam ilustrações de livros antigos de botânica e anatomia sobrepostas em camadas de vermelho, verde e azul. Para nós, uma representação imagética de “Mind Mischief“, do Tame Impala, e uma aula de impressão.

A arte é criada digitalmente e impressa em serigrafia em quadros, baralhos, murais e outros produtos disponíveis na RGB Limited. Nesta entrevista para o IdeaMensch, eles contam um pouco da técnica. “Impressão e luz sempre foram duas técnicas que realmente nos interessavam, por isso tudo começou com algumas experiências. Vimos como uma imagem muda se impressa em vermelho e verde e, em seguida, com um filtro vermelho. É um antigo ‘truque’ que tem sido usado muitas vezes, mas nós nos perguntávamos o que poderia acontecer na mistura com outras cores, como elas funcionariam?”, comentam.

Sobre o conceito, o casal explica que “a idéia do RGB é mostrar que existem muitos níveis diferentes de significados para as coisas. O que você vê pela primeira vez pode esconder outros significados, outros mundos, e o que supostamente é plano, talvez não seja. Isso é o que chamamos de ‘profundidade da superfície’. A mutação das coisas, ao invés de estabilidade, a indefinição ao invés de certeza. Com RGB, tentamos fazer algo efêmero, que se transforma continuamente.”

animalia_2_black

landscape_1

animalia_1__black

animalia_1

carnovsky.com

Screen_Jungla

Screen_Vesalio

atmospheric_4

atmospheric_16

carnovsky_Rosone1_RGB

carnovsky_scarf_Jungla

rosone_mare_black